Páginas

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Carpinteiro do Universo

Composição: Raul Seixas e Marcelo Nova

Carpinteiro do universo inteiro eu sou,
Carpinteiro do universo inteiro eu sou,

Não sei por que nasci pra querer ajudar a querer consertar o que não pode ser...

Não sei, pois nasci para isso, e aquilo e o enguiço de tanto querer,

Carpinteiro do universo inteiro eu sou,
Carpinteiro do universo inteiro eu sou,

Estou sempre pensando em aparar o cabelo de alguém,
E sempre tentando mudar a direção do trem,
À noite a luz do meu quarto eu não quero apagar,
Pra que você não tropece na escada, quando chegar,

Carpinteiro do universo inteiro eu sou,
Carpinteiro do universo inteiro eu sou,
Carpinteiro do universo inteiro eu sou,
Carpinteiro do universo inteiro eu sou,

O meu egoísmo é tão egoísta que o auge do meu egoísmo é querer ajudar,
Mas não sei por que nasci pra querer ajudar a querer consertar o que não pode ser...
Não sei pois nasci para isso, e aquilo e o enguiço de tanto querer,

Carpinteiro do universo inteiro eu sou,
Carpinteiro do universo inteiro eu sou,
Carpinteiro do universo inteiro eu sou (Ah eu sou assim!),
No final,
Carpinteiro de mim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário