Páginas

sábado, 12 de março de 2011

Espero não ter feito merda...

 Sexta feira à noite, visitei o super mercado pra comprar o tal vinho que gostei tanto. Um vinho barato na verdade, mas muito bom.
 O que mais me chamou a atenção não foi o fato de ter ficado aproximadamente uma hora no super pra achar as garrafas de 1L dele, já que as de 750ml não estavam na prateleira e nem no estoque pelo que o rapaz, que nem cuidava da adega, disse-me ao consultar o sistema.
 O que me chamou a atenção também não foi a...belíssima mulher que estava lá por cuidar de amostras de alguma coisa do super, mais pro lado das cervejas, sei lá o que era. Estava lá e me observava, atentamente, porém, tão bela, tão surpreendentemente bela que me senti paralisado. Seu corpo, seu rosto, cuidando-me, chamando-me, mas não pude atender.
 Não foi isso que me preocupou não...foi outra coisa. Eu já tinha a bebida, estava para pagar, no caixa. Foi difícil escolher aquele caixa, eu fiquei pra lá e pra cá por uns dois minutos e enfim o escolhi.
 Eu estava esperando pelo atendente que terminava com o outro cliente e me cumprimentava quando o senhor que esperava na fila, em seguida de mim, não havia mais ninguém na fila na verdade, esse senhor começou a postar suas coisas sobre o caixa e, de repente, fitou meus vinhos por uma fração de segundo.

 Foi o suficiente, o cara largou tudo que tinha em mãos e foi buscar uma garrafa de cachaça...

 "Eu não acredito" - pensei na hora... "Não pode ser..."

 E espero que não fosse, não queria ser culpado por isso, por trazer à tona o possível vício de alguém que devia ter resistido demais naquele super, uma adega gigante e ele não tinha pego bebida? Pegou ao me ver com as minhas...espero estar enganado sobre o que aconteceu. Pode ter pensado apenas "Pocha vida, faz meses que não compro uma cachacinha, vou levar uma hoje, minha mulher também gosta..." e beberam comedidamente...espero...

 Agora só me resta lembrar, desculpa ao cara simpático que me ajudou com o vinho, desculpa ao cara do caixa e espero não lembrar muito tempo do velho da cachaça, só a garota...e belíssima garota, uma verdadeira deusa, não exagerada, não falsa, perfeita em sua beleza inenarrável...espero que só ela fique nas minhas lembranças, que venha visitar-me nos sonhos quando eu poderei me controlar e reagir...

 Será uma viagem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário