Páginas

domingo, 13 de março de 2011

São Lourenço ou Japão...

REPOSTAGEM DE ÚLTIMA HORA...




 A nossa existência é meio conturbada.

 Como podemos estar aqui na terra, o porquê e tantas outras questões que nos afligem todo tempo.

 “Deus nos fez à sua imagem e perfeição e disse para não comermos a tal fruta e então nós comemos e viemos parar aqui...”.

 “Alguma coisa explodiu com muita força e bilhões de anos depois, nesse planeta, algumas moléculas ‘criaram vida’ e começaram a fazer festa. Como resultado da festa, nós nascemos...”.

 “Vindos de um planeta distante, nossa espécie parou por aqui na tentativa de sobreviver a alguma catástrofe ou tentamos colonizar o planeta simplesmente. Acontece que alguns cataclismos puseram nossa tecnologia abaixo e tivemos de recuperar tudo...”.

 Não interessa a explicação que se acredita, interessa que estamos aqui e não sairemos tão cedo, diga o que se disser. Porém, é tão estranho. As coisas que nos rodeiam causam tantos problemas e são ao mesmo tempo a pura solução.
 Toda essa história de lado bom e lado ruim realmente acaba com nosso cérebro...com o meu ao menos.

 Tudo pode ser comparado, distorcido, tudo tem de ser levado ao ponto de referência para que possa fazer algum sentido e então isso nos faz entender que nada tem um único sentido.

 Vejo o que acontece no Rio ultimamente. Centenas de pessoas morrendo devido as chuvas que não param...pensemos um pouco.

 Não, não. Não vim falar sobre estarem em locais perigosos por que querem ou coisa do tipo, o que acontece muitas vezes, mas vai saber se as pessoas tinham mais pra onde irem.

 O que venho comentar aqui e agora é o quão fraco podemos ser como seres humanos e o quão forte também podemos ser. Podemos salvar nossas crias de um animal feroz no meio de uma selva, mesmo que custe a nossa vida e, no entanto, a água vem e nos leva embora. Muita água sim, mas se esse for o caso, pensemos diferente.
 Um homem bem treinado pode quebrar tijolos, pode erguer carros às vezes...não acima da cabeça, mas consegue-se alguma coisa. Porém, ah porém, uma bactéria que invada nosso corpo pode nos matar em pouquíssimo tempo...

 Quão fortes e quão fracos somos.
 Quão importantes e quão insignificantes.

 Somos um amontoado de átomos que se misturam e se transformam em uma coisa maior, bem como as plantas, os animais, as pedras, um rio. Nada demais!
 Agora imagine se um de nós morre. Puxa vida, nossa família iria penar por dias, meses e alguns por anos!
 Mas e essa notícia...mais de quinhentas pessoas mortas por água, seja pela força, seja pela falta do que poder respirar, seja pelos acidentes que essa água provoca.
 Imagine se cada uma das vítimas tivesse um pai, uma mãe e um irmão ou irmã. Só isso. Poderíamos multiplicar por três esse número para ter uma noção do número de pessoas que sofrerão por anos...salvo os que estavam juntos quando a onda veio...

 No entanto o que isso causou em mim?

 Decidi escrever um post no Blog...

 Não, eu não decidi sumir de Floripa e correr loucamente até o Rio para salvar as pessoas da água...decidi escrever um post.

 Se tivesse um parente meu lá?

 Existem conhecidos e eu farei questão de saber detalhes sobre como estão. Mas eu deveria ter corrido para lá como um louco para ajudar todo mundo!

 Não deveria?

 Não sei...eu realmente não sei. Não sei quais são os valores certos e nem se eles existem. Talvez essa coisa de valores seja só uma coisa que inventamos com nossa mente super criativa de seres humanos que somos.

 Talvez tudo não passe de um bando de células que não sabem mais o que fazer no nosso cérebro e começaram a inventar uma realidade que não existe no nosso mundo enquanto natural.

 Só sei que desejo à todos uma boa viagem e um ótimo 2011!!!

AGORA TROQUE RIO DE JANEIRO POR JAPÃO OU SÃO LOURENÇO...LEIA DE NOVO...

O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO MUNDO???

Nenhum comentário:

Postar um comentário