Páginas

sábado, 2 de junho de 2012

ANARQUIA - por Antenor Emerich


 "Por isso decido por ser anarquista. Por que vocês da política são meramente funcionais. São motivados apenas por sua fome. Não lutam por nada além de si mesmos, para quem o povo é somente um atrapalho, uma raça para quem tendes que mentir, para quem precisam fingir que são éticos, fingir que tem moralidades. Isso por si já é imoral.

 A razão pela qual a política existe é manter uma elite no poder, e o povo afastado dela.

 Desafio a qualquer hipócrita a me provar o contrário.

 Tudo o que a política faz é manter uma frágil estrutura aparente de prestação de serviço. O povo ainda morre nas ruas, e nas portas dos hospitais.

 Na segunda década do século 21, no terceiro milênio da era cristã, o professor ainda usa giz e lousa e o alúmem copia à caneta em folhas de papel.

 As promessas em palanque desses corruptos, nunca deixaram os palanques. Desmontam os circos das campanhas eleitorais e junto com as tralhas se guardam as promessas que fazem brilhar de esperança os olhos do povo, essa raça, para quem os políticos tem que mentir.

 Decididamente, o poder não corrompe. Os corruptos é que almejam o poder."

(Antenor Emerich-livre pensador) -  O HOMEM NU    

E enquanto não enxergarmos TODA A ESPÉCIE COMO UMA ÚNICA FAMÍLIA, seremos, cada um de nós, corruptos que lutaram pela dignidade e bem estar de brasileiros, não de europeus ou do povo pobre e não da elite.

Se, para sempre, protegendo uma parte do todo e não o todo em si, para sempre corruptos seremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário